Dos 10 km para as 10 milhas

Avançando dos 10 km para as 10 milhas. Veja como é possível dar mais um passo e alcançar 16 km em suas próximas corridas. As provas de corrida de rua

Meia Maratona: dicas básicas para você não errar
Confira dicas para correr a Pampulha
Dicionário de corredor para iniciantes

Avançando dos 10 km para as 10 milhas. Veja como é possível dar mais um passo e alcançar 16 km em suas próximas corridas.

As provas de corrida de rua vêm se diversificando cada vez mais. Hoje é comum encontrarmos provas que fogem dos tradicionais 5 km ou 10 km. Percursos com 7 km e 16 km estão conquistando cada vez mais os corredores de rua. Nesse contexto as 10 milhas foi ganhando fama. Para quem ainda tem alguma dúvida, 10 milhas e 16 km são a mesma coisa em distâncias, só muda a unidade de medida.

Se as provas de 10 km viraram rotina e o controle do ritmo e tempo de prova são coisas que você já domina com propriedade. A possibilidade de uma prova mais longa é real! A meia maratona surge como um sonho alcançável.

Antes de partir para os 21 km, está na hora de progredir e começar a treinar para as diversas provas de 16 km / 10 milhas disponíveis por aí. Uma delas é a tradicional 10 milhas da Garoto, que vai de Vitória à Vila Velha, sendo a chegada da prova, na fábrica de chocolate.

Algumas dicas são importantes para que esta progressão seja salutar.

Para ir além dos 10 km é indispensável o uso de um tênis que atenda sua pisada e lhe proporcione maior conforto biomecânico. Estamos falando em passar mais de 1h30 correndo, então não seria legal sobrecarregar nenhuma articulação. Um trabalho em paralelo de fortalecimento muscular torna-se essencial. Uma correta reposição de líquidos também é fundamental para concluir os 16 km.

Controle os avanços dos seus treinos km por km. Divida os 6 km a serem adicionados, proporcionalmente, entre as sessões de treinamento. Fazendo três treinos por semana, comece com um choque no volume do treino. Diminua esse volume e aumente a intensidade para o próximo treino. Os treinos intervalados são válidos, desde que o volume somado seja igual ao planejado. No último treino da semana, repita o mesmo volume do choque inicial só que em um ritmo bem mais leve. Para a próxima semana aumente o choque inicial e repita a dinâmica.

Lembre-se de dividir de forma proporcional e progressiva dos volumes de treinos semanais. Nunca monte uma planilha de treinamento sozinho. Procure sempre um profissional de educação física para um auxílio seguro e correto. Uma lesão por treinos errados nunca é bem vinda. Por mais que julgue conhecer seu corpo ele pode te surpreender.

Pronto. Entre 4 e 8 semanas você será capaz de realizar suas 10 milhas. Abra sua agenda de provas e escolha as suas próximas conquistas nessa distância. Agora a meia maratona e está cada vez mais perto. Desfrute das suas provas de 16 km!

Com o suporte correto e dedicação, TODO MUNDO CORRE!

TODO ATLETA corre!

Bons Treinos!

 

Todo Atleta

 

 

 

.

Leia também:

Planilha 10 km e dicas para correr mais rápido

10 km: sua próxima conquista

Planilha 5 km para você melhorar seu desempenho

Meus primeiros 5 km

Entenda a diferença entre caminhada, corrida e trote

Descobrindo sua pisada e o tênis ideal

 

 

COMENTÁRIOS

WORDPRESS: 0