GARREGANDO

Escreva para pesquisar

Motivação

Imprevistos durante as planilhas de treino: mais normal do que você imagina

Simone Bassani
Compartilhar

Treino é treino. Prova é prova.

Treinar é um exercício não apenas para o corpo, mas para a mente. Vai ter aquele dia com falta de foco, aquele dia com falta de vontade, aquele dia que você tinha que fazer 12km mas só conseguiu fazer 7km. Você aprende muito sobre você mesmo disputando uma prova. Mas você aprende ainda mais nos seus treinos diários.

Se for para recarregar as baterias, pare.

Seres humanos ficam doentes. Portanto, um imprevisto pode abalar você no meio do caminho. Uma gastroenterite, uma lesão no joelho… É preciso ter maturidade para ouvir o seu corpo quando ele te sinaliza. Se você sentir qualquer desconforto, cancele os seus treinos.

Recupere até sentir que está preparado.

A fase de recuperação parece uma eternidade. Tenha a certeza de que você está 100% para retomar os seus treinos para não ter surpresas desagradáveis. Distraia a sua mente com pensamentos bons. Não se abale achando que você nunca mais vai voltar a correr, por exemplo. Tudo passa. Tudo cura. Tudo segue em frente.

Siga em frente com maturidade e no momento certo.

Durante a fase de recuperação, é normal você achar que já está bem, colocar um tênis e sair por aí correndo. Quando você se dá conta, não consegue passar do primeiro quilômetro. Portanto, respeite o período de recuperação. Você não vai perder o seu condicionamento físico por uma semana sem treinar. O mundo não acaba e os jogos continuam.

(Simone Bassani está treinando para a Meia Internacional do Rio e teve uma gastroenterite que a tirou das pistas por duas semanas).

Escrito por Simone Bassani.

Gaúcha de nascimento e aprendiz de Carioca, 30 anos, jornalista/CEO da Tudo Sobre Texto.

Tags:

Você pode gostar também

Deixe um comentário

X